VOCÊ É UM MERGULHADOR ANSIOSO? (por Roberto Trindade)

A ansiedade é um estado emocional que apresenta componentes psicológicos e fisiológicos.

Faz parte da experiência humana. É responsável pela adaptação do organismo a situações de perigo e constitui uma condição que pode ocorrer a qualquer sujeito.

 

Podemos dizer que trata – se de um estado emocional aversivo, sem estímulos desencadeantes externos e que não pode ser evitado.

Os principais sintomas podem incluir a tristeza, a vergonha, a culpa e, por outro, a cólera, a curiosidade, o interesse ou a excitação.

Existem vários modelos teóricos para explicar a ansiedade.

Neste nosso enquadramento abordaremos apenas o modelo da ansiedade traço/estado de Spielberg. O autor trata de dois construtos: ansiedade estado e ansiedade traço.

Definimos Ansiedade estado como uma situação provisória, que envolve sentimentos desagradáveis de tensão e pensamentos apreensivos, ou seja, uma reação episódica ou situacional, um estado emocional transitório.

A Ansiedade traço por sua vez constitui-se como uma estrutura relativamente estável e permanente no sujeito ou seja, um modo habitual e consistente de reação pessoal.

Conforme Spielberg definiu, o estado de ansiedade poderia ser observado como um corte transversal temporal na corrente emocional da vida, passando o sujeito a manifestar sentimentos subjetivos de tensão, apreensão, nervosismo e preocupação com ativação do sistema autónomo.

A ansiedade encontra-se classificada no DSM-IV-T/R, agrupando um conjunto de perturbações.

A perturbação de ansiedade generalizada apresenta duas características essenciais, que são a ansiedade e a preocupação constante e exagerada, acerca de um conjunto de acontecimentos que ocorrem há, pelo menos, seis meses.

As preocupações são de difícil controle e interferem no quotidiano do sujeito.

Na perturbação da ansiedade generalizada os sujeitos nem sempre classificam as suas preocupações como excessivas, embora possam descrever um mal-estar subjetivo devido a um constante desassossego, assim como apresentam dificuldade em controlar as suas inquietações e podem evidenciar deficiências no funcionamento social, ocupacional ou em outras áreas importantes.

Os sintomas da ansiedade também não são provocados pelos efeitos fisiológicos de uma substancia tóxica ou de estado físico geral e não ocorrem exclusivamente durante uma perturbação do humor.

A intensidade, duração ou frequência da ansiedade e preocupação são desproporcionadas em relação ao impacto ou probabilidade do acontecimento.

Há uma apreensão constante em relação às rotinas diárias, aspectos financeiros, saúde, complicações e eventuais problemas.

É característico da perturbação da ansiedade existir sintomas somáticos e uma resposta de alarme exacerbada.

Embora os estudos demonstrem que esta perturbação surge na infância, também pode aparecer após os 20 anos, sendo a sua evolução crónica e com tendência a piorar após exposição a episódio potenciador de estresse.

Muitos sujeitos adultos, desconhecendo que possuem uma perturbação da ansiedade
generalizada, têm-se descrito como nervosos.

Trata-se de uma perturbação com maior incidência na população feminina e em culturas ocidentais, que afeta o sujeito de forma significativa, manifestando constantemente preocupação e inquietação.

Segundo a CID-10 os sintomas, mais dominantes, incluem:

  1. Estado ‘nervoso’ constante;
  2. Tensão muscular;
  3. Palpitação;
  4. Suores e transpiração;
  5. Tremores;
  6. Desconforto gástrico;
  7. Vertigens.

Em suma, a ansiedade consiste numa perturbação mental que afeta o quotidiano do sujeito e que se manifesta de diversos modos.

Conclui-se que a ansiedade é um estado emocional que pode condicionar o funcionamento diário, que apresenta um conjunto de sinais e sintomas variados, observando-se uma preocupação excessiva em relação a rotinas.

E aí, você é um ansioso?

(Publicação autorizada em parceria com o autor, Roberto Trindade – Educador, Instrutor Trainer de mergulho e de Primeiros Socorros)

Receba informações de Saídas, Ofertas e Descontos Exclusivos

Descubra os Mergulhos da Scubiblue

Leave a reply